Compartilhe essa Notícia:



Um grupo de sete mulheres, integrantes da Polícia Militar do Maranhão, tornou-se alvo de uma sindicância interna após uma brincadeira em rede social.

Segundo os autos, as PMs fizeram uma espécie montagem – em que aparecem inicialmente de fardas, e logo depois com roupas de civis -, e compartilharam a performance no TikTok.

O vídeo ganhou repercussão e, posteriormente, foi compartilhado por terceiros no Instagram e no WhatsApp.

O encarregado da sindicância é o tenente coronel Raimundo Borba Lima.

Os nomes das mulheres serão preservados pelo blog para que elas não sejam “canceladas” antes do resultado final da apuração funcional – que, convenhamos, tem tudo para não ser favorável a elas, levando-se em consideração o histórico da corporação que integram.

Fonte: Gilberto Leda
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. Se isso for estrepe eu não sei mais o que é esprepe

    ResponderExcluir
  2. Título mentiroso!!!! Não há streptease no vídeo. Esse vídeo não tem absolutamente nada de anormal ou que mereça reprimendas. Do meu ponto de vista o vídeo exalta feminilidade da mulher policial militar,além de humanizar essas trabalhadoras. Demonstram ,com o vídeo,o orgulho e o apreço pelo uniforme, tanto é assim que o ostentam. Vídeo divertido.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA