Compartilhe essa Notícia:


A Justiça Eleitoral proibiu a pré-candidata a prefeita de Lago da Pedra, Maura Jorge, de promover atos que aglomerem pessoas. 

O juiz Marcelo Santana Farias determinou que a ex-prefeita não faça mais “adesivaços”, “cafés da manhã”, passeatas, carreatas, comícios com aglomerações ou eventos assemelhados com as mesmas características dos anteriores, sob pena de multa de R$ 100.000,00.


O juiz ainda determinou que fica autorizada a apreensão de carros de som, mini-trios e/ou aparelhagens de som, caso empregadas em propaganda eleitoral fora do período permitido. Expeça-se ofício às autoridades de Polícia Civil e Militar.


Maura Jorge tem promovido uma série de aglomerações durante a pré-campanha na cidade de Lago da Pedra, muitas das quais foram registradas com imagens. Confira a Decisão na íntegra AQUI.


Maura Jorge, através de seu advogado, recorreu à decisão do Juíz Marcelo de Santana no Tribunal de Justiça em São Luís. Ela agora aguarda a decisão final dos desembargadores. 

- Com informações de Diego Emir
⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

9 Comentários

  1. Tudo que ela fez, foi calculado e pensado, ela fez errado justamente pra ter sua candidatura impugnada, so que não teve.

    ResponderExcluir
  2. Ela como sempre se achando a cima da lei, acha a toda poderosa.
    Coitada vai levar uma taca do vaqueiro nas urnas

    ResponderExcluir
  3. Ela cometeu essas infrações de proposito pra perder a candidatura pra depois dar uma de coitadinha.

    ResponderExcluir
  4. Povo besta morre por política.

    ResponderExcluir
  5. Ela está desesperada kkkk calma tia

    ResponderExcluir
  6. Ela vai levar uma taca daquela, pra ela e esse morto de fome do Geraldo Catingueiro aprender.

    ResponderExcluir
  7. Mulher arrogante, prepotente, ela pensa que é a dona do mundo.

    ResponderExcluir
  8. Se nem casa própria aqui em Lago da Pedra ela tem.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA