Compartilhe essa Notícia:


A Polícia Militar de Pedreiras prendeu o principal suspeito de ter assassinado Francisco Ferreira Lima, mais conhecido como "Kinkim", uma das principais lideranças do Movimento LGBTQI+ de Pedreiras. O jovem detido tinha um relacionamento com a vítima. 

O crime ocorreu na residência de Francisco, localizada na Rua Carlos Martins, Bairro Seringal. Os investigadores acreditam que a ação foi cometido possivelmente durante a madrugada, pois o corpo já apresentava sinais de rigidez quando foi encontrado pela manhã. 

Um detalhe que chamou a atenção da polícia foi fato de dois itens da residência terem sido subtraídos, e posteriormente encontrados em ruas próximas, o que leva a crer que o jovem tentou simular um cenário de latrocínio. Testemunhas afirmaram para a polícia que duas pessoas carregaram itens pelas ruas. 

Francisco foi encontrado sem vida na cozinha com perfurações no pescoço e outras escoriações, possivelmente causadas por pauladas. Uma possível discussão entre os dois pode ter sido a causa do crime. 

Desde o início das investigações, o jovem foi apontado como o principal suspeito, uma vez que residia na casa junto com Francisco. 

A Polícia Civil segue apurando as informações sobre o caso.

Movimentação em frente à residência de Francisco na manhã de hoje



Mais informações

Homem é encontrado morto no Conjunto Seringal em Pedreiras: https://www.carlinhosfilho.com.br/2020/09/homem-e-encontrado-morto-no-conjunto.html

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários

Informe da ALEMA