Compartilhe essa Notícia:


Quem conheceu Antônio França até a época das eleições de 2016 percebe o quão diferente o atual gestor está nos dias de hoje. É público e notório que houve uma grande transformação em sua vida.

E o Blog acredita até que se Antônio França não tivesse se entregado ao Evangelismo, algo notável e elogiável, sem dúvidas ele teria grandes chances de ter sido reeleito prefeito nas eleições municipais deste ano.

Em uma entrevista recente concedida ao Blog do Carlinhos, Antônio França revelou que, por conta de sua conduta de homem sério e temente a Deus, ele optou por não usar a máquina pública para garantir a reeleição. "Eu não comprei votos, não prometi nem dei empregos em troca de apoio ou de votos, nem comprei vereadores. Eu apresentei propostas, reconheci meus erros e minhas falhas, e fui dizer o que eu poderia fazer e o que eu estava em condições de fazer de bom para Pedreiras se caso fosse reeleito. O que os outros fizeram eu não tenho coragem de fazer", disse o prefeito.

De fato, no período em que Antônio França assumiu o mandato, ele ocasionalmente fazia uso de bebidas alcoólicas. Festejou e brincou bebendo todas no Carnaval de 2017. Porém, logo depois houve uma mudança radical em sua vida. França se converteu ao Evangelismo em uma igreja local, deixou as bebidas alcoólicas de lado e procurou trabalhar pelo município como gestor responsável.

Ainda hoje, muitos o criticam por não ter se jogado com força total, investindo milhões em seu projeto de reeleição como faz a maioria dos prefeitos. Na entrevista, Antônio França reconheceu que não fez isso e afirma que não se arrependeu por não tê-lo feito. "Fizemos uma campanha limpa, justa e baseada naqueles princípios que acreditamos: não comprar voto e oferecer propostas cabíveis", disse.

Já o Blog do Carlinhos considera que, caso ele não tivesse entrado na igreja evangélica e tivesse agido da costumeira forma política como ele fazia até as eleições de 2016, como político tradicional e que não tem pena de nada e faz de tudo para se eleger, ele seria reeleito prefeito de Pedreiras.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

14 Comentários

  1. Posso até n ter interpretado bem, n sei se vi muito cinismo do blogueiro, ou se é mais uma tendenciosa matéria que nada soma, mais se convertido ou não, isso de dizer que ele deveria ter agido como od outros e tal, foge da realidade das pessoas de bem que querem uma política mais seria, que também n sei se é o caso de França! Porém a mudança sendo verdadeira ou não, isso mostra que Deus é e ainda será sempre um Deus maior que todas as coisas.

    ResponderExcluir
  2. Ele não foi eleito pq povo não quis, é simples! O q ele fez pra garantir a reeleição? Não cumpriu nada das promessa q ele fez em 2016, pq o povo haveria de da mais uma chance?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. I pra acabar ele se vendeu pra o marido da prefeita eleita...

      Excluir
  3. PARABÉNS conquistou 1terço da população

    ResponderExcluir
  4. Esse prefeito é muito é frouxo, entregou de graça, prefeito fraco, nunca mais voto nele nem pra porteiro de Hospital

    ResponderExcluir
  5. Quanta hipocrisia. Os fariseus modernos se travestem de evangélicos. Como um homem de Deus deixa de pagar pobres garis que possivelmente passam fome por causa disso? Como um verdadeiro homem de Deus não é transparente no uso do dinheiro do povo como no casos dos milhões dos royalties do gás? Sepulcro caiado isso sim!

    ResponderExcluir
  6. Ao evangelismo não, evangelho ***
    Uma pequena correção pq não são a mesma coisa. E o prefeito não se reelegeu pq o povo não quis, pronto! Tem conversa não.

    ResponderExcluir
  7. Esse aí foi o pior dos piores

    ResponderExcluir
  8. Não trabalhou!não ganhou!
    O povo não é mais besta

    ResponderExcluir
  9. Não cristão pra não comprar votos, mas não é cristão pra "dar fim" nos recursos públicos...deu ate vergonha alheia

    ResponderExcluir
  10. Essa é a hipocrisia das hipocresias. Esse prefeito só faltou vender a alma para o diabo para ser reeleito. Comprou votos, deu empregos em todos os setores da prefeitura e ate orgaos da esfera estadual que têm convênio com a prefeitura e agora vem com esse discurso piegas de que é homem de Deus. A bíblia diz que pelos frutos conhecereis a árvore. Vou deixar a critérios de vós, pessoas de bem, fazer a análise do governo e do homem que está prefeito de Pedreiras até 31 próximo.

    ResponderExcluir
  11. Foi um bom prefeito .só não se reelejeu por conta da. Corrupçao .

    ResponderExcluir
  12. Se de Deus fez o q fez imagine se não fosse.

    ResponderExcluir
  13. um tremendo dum mané...uma simples boca de urna feita pelos vereadores de sua chapa....no total de 100 a 200 mil....hoje tava reeleito...simples....eu perdia nada uma eleição dessa...dada de graça!!!!

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA