Compartilhe essa Notícia:

A denúncia para o blog veio através de uma funcionária do principal Hospital Municipal de Presidente Dutra, o Eligio Abath, conhecido como Materno Infantil.

De acordo com informações, está faltando médicos especialistas para atender as gestantes que dão entrada no hospital. Ainda de acordo com a denúncia, somente dois médicos prestam atendimento na unidade e nenhum deles são especialista na área de obstetrícia.

Há pouco tempo, uma paciente deu entrada no hospital para realizar uma curetagem, procedimento considerado simples, segundo fontes ligadas a nova gestão, a paciente foi encaminhada para a cidade de Colinas, já que não havia condições de presta atendimento a mesma.

O blog foi informado na noite de sexta-feira (15), que outra paciente deu entrada no materno com sinais claros de edemas nas pernas, provavelmente por má circulação; a mesma foi medicada com Buscopan e logo em seguida enviada para casa.

A denunciante informou ainda que a ordem é, que qualquer caso considerado grave, deve ser encaminhado imediatamente para Tuntum, medida já recusada pelo diretor do hospital da vizinha cidade.

A funcionária disse ainda que a segunda alternativa da direção é encaminhar imediatamente para Colinas ou Alto Alegre. As informações são de que nenhum médico quer atender no materno devido à falta de organização e controle da situação.

Uma jovem de apenas 19 anos perdeu a vida após da entrada no hospital há algumas semanas; segundo informações de familiares, a precariedade no atendimento teria causado a morte da moça.

A direção do hospital divulgou uma nota explicando todo o procedimento realizado durante o trabalho de parto da jovem, nota essa, que não agradou os familiares.

O blog está a disposição do hospital para uma nota de esclarecimento (pf.carlosalberto@hotmail.com).


Fonte: Blog do Wilque Gomes

https://blogdowilquegomes.com/index.php/2021/01/16/denuncia-apos-morte-de-gestante-falta-medico-especialista-para-atender-gravidas-no-hospital-materno-infantil-de-presidente-dutra/


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA