Compartilhe essa Notícia:

Vídeo 


O brutal assassinato do casal, Geovane e Lenir, ocorrido no último dia 16 no povoado Palmeira (Esperantinópolis), foi solucionado em menos de uma semana pela polícia civil e com apoio da polícia militar. Os envolvidos no crime estão preso no presidio de Pedreiras a disposição da justiça. O delegado regional, Diogo Maciel, em um vídeo forneceu detalhes da investigação, que levou a prisão dos suspeitos e confirmou que se tratou de latrocínio, roubo seguido de morte.

“O crime foi praticado para que eles conseguisse uma quantia que a vítima estava portando em seu bolso. Os presos foram encaminhados para unidade prisional e estarão à disposição da Justiça. Mais uma vez a polícia civil elucida um crime bárbaro, que ocorreu em nossa região. Mais uma vez quero exaltar a importância da polícia judiciária e de todo o sistema de justiça”, disse o delegado.

 

Geovane e Lenir, o casal era dono de um balneário bastante frequentado na região 

Veja a entrevista completa postada no canal do blog de Carlos Barroso no vídeo acima. 

Mais informações 


Geovane do Palmeiral e esposa são assassinados a facadas

https://www.carlinhosfilho.com.br/2021/01/geovane-do-palmeiral-e-esposa-sao.html


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

6 Comentários

  1. Dizem k ele tava com 40 mil no bolso pra comprar um sacolão, hoje em dia não podemos mais andar com muito dinheiro no bolso, é gente viciado de mais,esse povo não pode vê dinheiro,

    ResponderExcluir
  2. Remedio bom para drogado é um 38 ou uma .40 na cara essa ai quero vê se nao larga o vicio vagabundo que usar droga nao trabalha nem nada pra manter o maldito vicio .Se na familia tiver homem quando um anjinho desses da oab conseguir a liberdade dos mano e bom ter um pistoleiro pra mandar eles pro inferno ligeirinho.

    ResponderExcluir
  3. Se a vítima fosse familiar meu, eu nem daria parte, até mandava soltar da cadeia, só pra depois ter uma "conversinha" com os assassinos.

    ResponderExcluir
  4. Na matéria há uma certeza e uma dúvida. A certeza de que a polícia fez o seu trabalho com eficiência. A dúvida reside na justiça, mas há explicação, é que ela é cega, surda e muda e nós assumimos as consequências desde a fundação do Brasil.

    ResponderExcluir
  5. Vagabundo desses tem gente q mata por 500 reais, o 1000 já esses vagabundo tão na rua. Pra tentar fazer o mal ha outra família.

    ResponderExcluir
  6. O maconheiro trabalhador ainda frequenta o blog? Ei maconheiro trabalhador! Olha aí mais um feito dos teus iguais! Vagabundo desse... Palhaço

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA