Compartilhe essa Notícia:


Familiares da vítima, o advogado Dr. Bento Vieira e internautas, acusam formalmente policiais militares lotados no batalhão de Bacabal de estarem envolvidos na morte de Marquinhos 

Empresário Marquinho assassinado na zona rural de São Luís Gonzaga


O caso do brutal assassinato do empresário Marquinhos, de Bacabal/MA, ocorrido hoje (2), repercute em todo Maranhão. Segundo informações, o secretário de Estado da Segurança, Jeferson Portela, deve ir à Bacabal hoje para ouvir PMs que estariam envolvidos na operação, que levou a morte do empresário. Eles estão como suspeitos e terão que se explicar. 

Marquinho foi conduzido por PMs no começo da tarde de ontem, dia 1º, do seu estabelecimento comercial e seu corpo foi encontrado na manhã desta terça-feira, na zona rural de São Luís Gonzaga. Familiares que encontraram o corpo. São várias perguntas que internautas fazem nos grupos: como uma pessoa sob custódia da PM aparece brutalmente morta? Por que não foi levado para ser interrogado na delegacia? Do que Marquinhos era suspeito?

PM obrigam empresário a sair em um carro descaracterizado 

 

Vídeo


Ação da Polícia Militar

Ainda segundo informações, o setor de segurança da PM de Bacabal (15º BPM-MA), comandado pelo Tenente Pinho, estava apurando o roubo de 12 carneiros de raça; chegaram até o empresário Marquinhos, que supostamente teria comprado os animais de forma ilícita, cometendo o crime de receptação.

As investigações da PM avançaram, os policiais chegaram em uma propriedade da zona rural de São Luís Gonzaga; os agentes relatam que foram recebidos a tiros pelos assaltantes. Os PMs reagiram, mas no meio do tiroteio, o Tenente Pinho foi ferido. Ele foi socorrido para o Hospital Laura Vasconcelos de Bacabal, enquanto os supostos assaltantes fugiram, tomando rumo ignorado. Uma grande operação da PM do 15º Batalhão voltou a região, mas nenhum meliante foi encontrado.

Nesse meio tempo, o empresário Marquinhos que estava sob o poder dos PMs desapareceu. Os familiares, preocupados com o sumiço de Marquinhos, estiveram na delegacia, mas sem resultado do paradeiro do mesmo. "Os PMs levaram ele do local de trabalho e ninguém sabe informar o que aconteceu com ele", reclamou um familiar no grupo. Nesta manhã, familiares se deslocaram para zona rural de São Luís Gonzaga e, rapidamente, encontraram o corpo do empresário com marcas de balas. Vídeos mostram o desespero e a revolta dos familiares naquele momento.  

População de Bacabal cobra investigação e punição para os autores do crime. 

Para o advogado Dr. Bento Vieira, em entrevista para o jornalista JR da TV Difusora,  o empresário foi sequestrado e morto pelos policiais, que agiram como milicianos. “Como o tenente vai justificar o tiro que ele levou, que todos viram que o empresário saiu desarmado? Queremos saber se foi o Estado ou foi uma milícia que matou esse rapaz”, questiona o advogado contratado pela família da vítima.  

Ainda para a TV Difusora, um irmão de Marquinhos deu detalhes do encontro do corpo e acusa os PMs de forjarem o tiroteio para matar o empresário. Assista.

 

TV Difusora - Bacabal - Programa JR, depoimento do advogado Bento Vieira 

O Comando do Batalhão deve se pronunciar sobre o caso. O blog está a disposição dos PMs para direito de resposta ou nota de esclarecimentos (pf.carlosalberto@hotmail.com)


Mais 


Tragédia – Comerciante de Bacabal é morto a tiros

https://www.carlinhosfilho.com.br/2021/02/tragedia-comerciante-de-bacabal-e-morto.html


Tenente do Batalhão de Bacabal é ferido a tiro durante operação em São Luís Gonzaga

https://www.carlinhosfilho.com.br/2021/02/tenente-do-batalhao-de-bacabal-e-ferido.html


TV Difusora 


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

14 Comentários

  1. Precisa ser investigado.Há algo de errado na história.

    ResponderExcluir
  2. Espero q os delinquentes pague pelo q fizeram com o cidadão de bem. O Marquinho não era marginal,era um pai de família. A polícia errou feio.

    ResponderExcluir
  3. Suspeitos não eles mataram o cara mesmo

    ResponderExcluir
  4. RECEPTADOR também é comparsa de ladrão.

    Ele encomenda e financia o crime organizado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Calma cara, as vezes pessoas de bem cai nessa cilada do cão, já aconteceu com um parente. esperar as investigação e ver o q de fato aconteceu.

      Excluir
    2. Sim, receptação é crime, mas, não passível de morte. Se culpado deveria está preso, não morto. Polícia não é paga para matar pessoas, seja ela bandido ou não. O policial só deve usar a força letal para defender a própria vida; ao que parece não se aplica a este caso.

      Excluir
    3. Então KD o suposto ladrão que disseram que o comerciante teria comprando animais de origem duvidosa??

      Excluir
  5. Esses bandidos não pode viver no meio da sociedade são pagos com o dinheiro nosso para nós defender

    ResponderExcluir
  6. Esse não é um caso isolado. Se não houvesse o registro através do vídeo eles iriam matar outras pessoas sob a proteção da farda. Essa ação revela o hábito deles. Tiveram suas praticadas reveladas, o resto é incerto, inclusive, justiça que não haverá se contarem com a boa vontade deles contarem a verdade. Ainda, os comentários acima atenuando a ação dos assassinos revelam a nossa omissão e tolerância com essas atrocidades, até o dia que bater a sua porta.

    ResponderExcluir
  7. A Policia Civil é o órgão de Estado competente para investigar infrações penais.
    Não tem nada de PM sair investigando, a atribuição dela é o policiamento ostensivo fardado.

    ResponderExcluir
  8. Sim quem cecrestou e quem notou Ele foi a polícia ou os meliantes

    ResponderExcluir
  9. Tem que arrochar . No caso do vereador de Bom lugar que foi espancando ano passo teve envolvimento de PM na ação cometida

    ResponderExcluir
  10. Que Deus conforte sua família nesse momento de dor e tristeza 🙏

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA