Compartilhe essa Notícia:


Os donos de bares de Trizidela do Vale se reuniram nesta quarta-feira (17) em frente à prefeitura em protesto às ações tomadas pelo poder municipal em razão da pandemia do novo coronavírus.

Desde que o novo decreto foi publicado, no dia 13 de março, com alterações nos horários de funcionamento de bares, os proprietários têm permissão para abrir somente de segunda a sexta, e até as 18h. Eles reclamam que estão sendo prejudicados pelas medidas.

O Prefeito de Trizidela do Vale, Deibson Balé (PDT), explicou que o decreto municipal segue a recomendação feita pelo Governo do Estado e aos apelos do próprio governador Flávio Dino (PCdoB), que pediu para a população que ficasse em casa (relembre aqui).

De acordo com o gestor, que também é médico, a medida se faz necessária para conter o avanço da segunda onda de Covid-19. "Desde a chegada dessa doença em nosso município, inúmeros sacrifícios foram feitos, ocasionando lesões econômicas, sociais e psicológicas. O Município está a par da situação e tem dado todo o suporte necessário aos pacientes de Covid-19, com atendimento de qualidade e medicação. Mas, infelizmente, os casos só aumentam a cada dia. Por isso é importante seguir a determinação do decreto estadual e evitar as aglomerações, pois é nosso dever cuidar da saúde da nossa população", afiançou.

Deibson destacou que as medidas visam proteger a saúde, tanto dos próprios donos de bares, como também dos demais moradores de Trizidela do Vale. O prefeito ainda ressaltou que as recomendações seguem os protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde, Ministério da Saúde e entidades especialistas nesse campo.

O município já registou o total de 32 óbitos de Covid-19, sendo 18 no Hospital Geral Municipal e 14 em outros hospitais. Dos 1072 casos confirmados, mais de 90% (974) dos pacientes já se recuperam da doença. Isso mostra que, apesar da situação, o município está sendo um exemplo para a região, mostrando o esforço das esquipes de saúde no atendimento e tratamento das pessoas afetadas pelo vírus.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

2 Comentários

  1. Os proprietários dos bares falarão que se fechar os bares as 18:00 horas, eles não vendem nada. Mas a estratégia do protocolo de saúde é essa mesmo, evitar aglomeração nós horários estratégicos. Ou as autoridades iriam mandar fechar os bares de uma da manhã até às 14:00 horas. " Nota de utilidade pública" segundo alguns pingusos, principalmente os que aglomeram no bar do Zé berêquete... segundo eles, tem toma cachaça não pega covid não, recebe só o convite mas não pega.... será ? Kkk

    ResponderExcluir
  2. Ta muito difícil
    Principalmente para os
    autônomo

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA