Compartilhe essa Notícia:

O impasse pela decisão do representante da Casa Legislativa continua. Veja a nota publicada pelo Vereador Ananias Bezerra.


Na manhã desta sexta-feira (5), o Blog recebeu uma nota de esclarecimento assinada pelo vereador Ananias Bezerra, em que ele menciona que houve uma nova decisão da justiça local que anulou todas as eleições da Câmara de Vereadores de Lago da Pedra. 

Por conta disso, haverá uma nova eleição para decidir o nome que presidirá a Câmara Municipal. Sendo assim, até o momento o povo de Lago da Pedra ainda não possui um representante legítimo na Casa Legislativa. Leia a nota abaixo:

Nota de Esclarecimento 

"Em um dia de muita confusão na posse dos vereadores da cidade de Lago da Pedra, ocorrida em 1º de janeiro, aconteceram duas eleições para a Mesa Diretora da Câmara, uma com o voto de seis vereadores e outra com o voto de sete vereadores, cujo resultado terminou por eleger Cícero Amaro.

Inicialmente, a Justiça determinou liminarmente a suspensão das duas eleições e a realização de uma terceira, que ocorreu dia 25 de janeiro e elegeu o vereador Ananias Bezerra com os sete votos, isto é, com a maioria absoluta.  

Mais de um mês depois da eleição do dia 25 de Janeiro, saiu uma Decisão Liminar do Tribunal de Justiça, que revalidou a eleição do vereador Cícero Amaro, esta ocorrida dia primeiro com o voto de apenas seis vereadores, e uma suposta e controversa abstenção do vereador Cival Rocha. Sendo assim essa eleição teve o resultado decidido com a minoria daquela casa. 

Hoje, em decisão de mérito no Mandado de Segurança, o Juiz Marcelo Santana Farias, titular da 1ª Vara de Lago da Pedra, revogou a liminar que suspendeu as duas eleições do dia primeiro, e anulou a terceira eleição ocorrida dia 25 de janeiro. Porém, não decidiu qual das duas eleições que ocorreram dia primeiro é legitima. Com essa decisão, a liminar do Desembargador Rachid, que reconheceu a eleição do Vereador Cicero Amaro, também perde seus efeitos.

Entretanto, com isto não se está afirmando que a referida eleição foi feita de forma regular nem tampouco de forma irregular. Tal análise a princípio cabe a própria Câmara de Vereadores, nos termos de seu Regimento. 

Com essa decisão, continua o impasse na Câmara de Vereadores de Lago da Pedra, sem a população ter certeza de quem é de fato o legitimo Presidente da Casa Legislativa. Vamos aguardar o que a maioria dos vereadores em plenário irão decidir. 

Hoje, dia 05 de março de 2020, não haverá nenhuma sessão legítima por conta da decisão da justiça local que decidiu e julgou o mérito.

Poderia ser o vereador "Decano" da Casa Legislativa, se o mesmo tivesse encaminhado os ofícios para todos os vereadores de acordo com o Art. 05 e 10 do Regimento Interno para ele presidir a sessão, mas o mesmo não oficializou. Portanto, mais uma vez não pode haver sessão na câmara.

- Vereador Ananias Bezerra."

Vereador Ananias Bezerra

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

14 Comentários

  1. Justiça tinha era quê tirar o mandato desses bando de vagabundos quê só vivem do dinheiro público e não fazem porra nenhuma

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A mas pura verdade seu comentário. Bando de sanguessugas. Do dinheiro público

      Excluir
  2. Nunca vi um bando de pra nada como esses vereadores quê não servem pra nada e nem contriibuiem pra coisa alguma na cidade

    ResponderExcluir
  3. Esses aí não servem pra nada ficam só enrolando o povo e a prefeita quê tá achando bom porquê não contrata e o dinheiro sobra pra pagar as contas da campanha

    ResponderExcluir
  4. Bota o Cícero Amaro e o Ananias no meio da praça e bota pra brigar quem ganhar fica com essa cadeira

    ResponderExcluir
  5. Já virou foi brincadeira

    ResponderExcluir
  6. palhaçada já estamos em março e essa câmara não faz nada bando de imprestáveis o salário deles caiu na conta certinho né

    ResponderExcluir
  7. Nunca vi 6 ser maior que 7😅

    ResponderExcluir
  8. Estamos em março de 2021não 2020 com tá na reportagem do blog

    ResponderExcluir
  9. Vereador não serve para nada, nem em Lago da Pedra nem em lugar nenhum. Um Poder que poderia ser extinto.

    ResponderExcluir
  10. na verdade ném prescisava desse bando de morto de fome só pra tar 4 anos as custa do povo tenho e vergonha de sertos vereadores da Cidades por ai

    ResponderExcluir
  11. Na hora de vender seus votos pra eles vcs não falaram nada.pega na cara bando de gado domesticado ananias comprou tds os votos na santa Teresa e o Cicero tds sabem o que fazia no inss.cadê o branco da ines ananias só viviam juntos

    ResponderExcluir
  12. Segundo o vereador Ananias, o juiz anulou a decisão do desembargador. Aí eu pergunto, "isso pode Arnaldo"? Não existe mais hierarquia nem na justiça? Virou bagunça? Acredito que se a demanda se encontra no TJ é ele quem dirá a decisão final.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA