Compartilhe essa Notícia:


O imbróglio na sessão da Câmara de Vereadores de Lago da Pedra continua. Já são várias decisões determinadas pela Justiça desde o início do ano. De um lado, a Justiça local parece favorecer os vereadores da oposição, já as decisões do Tribunal de Justiça favorecem os vereadores da situação.

Mas o certo é que até o momento já são duas sessões que não são realizadas em Lago da Pedra por falta de quórum, que é o número mínimo exigido por lei para se realizar a sessão. Os sete vereadores de oposição, encabeçados por Ananias Bezerra, se recusam a participar das sessões por não reconhecerem o vereador Cícero Amaro como o presidente da Casa Legislativa. Com isso, sobram apenas seis vereadores e, segundo o regimento interno, essa quantidade de parlamentares não é o suficiente para iniciar a sessão.

Nesta sexta-feira (05), assim como na semana passada, a sessão na Câmara Municipal de Lago da Pedra foi encerrada por falta de quórum. Em entrevista à imprensa local, os vereadores reclamaram sobre a ausência dos colegas.

"Tivemos que encerrar a sessão por falta de quórum, que é o número mínimo para começar a sessão conforme o art. 73, e a gente tem que seguir o regimento. O regimento diz no seu parágrafo primeiro que não havendo o número mínimo da maioria absoluta, não poderíamos iniciar a sessão. Então encerramos a sessão e tivemos um prejuízo para a comunidade e para a população", afirmou Cícero.

"Eu me sinto envergonhado com os vereadores de oposição porque [eles] não têm compromisso com o povo de Lago da Pedra. Eles hoje só têm compromisso com o trabalho deles, que todo dia 20 recebem. É uma imoralidade", disse o vereador Almir Fialho.

Circula a informação que possivelmente os vereadores da oposição estejam escondidos em uma chácara, embora não se sabe o local exato.



SAIBA MAIS

Justiça anula eleições da Câmara de Vereadores de Lago da Pedra

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

11 Comentários

  1. Que cabarezada mesmo

    ResponderExcluir
  2. Virou o cabaré da currutela

    ResponderExcluir
  3. Bando de vagabundos, já q não querem trabalhar, poderia não querer o dinheiro!
    Como o eleitor q votou nesses abutres vão se sentir?

    ResponderExcluir
  4. Pior é quem vota numas carniças dessas.

    Povo burro idiotas

    ResponderExcluir
  5. Tá o município não contrata foncionarios porque precisa da aprovação da Câmara Municipal tá Bom eu acredito

    ResponderExcluir
  6. Não contrata foncionarios porque não tem aprovação da Câmara Municipal tá Bom

    ResponderExcluir
  7. Um bando de sanguessugas. Do dinheiro público. Lamentável. Só querem dinheiro e poder...

    ResponderExcluir
  8. ESTÃO FAZENDO MÉDIA, DOIDOS PRA PREFEITA OFERECER DINHEIRO E EMPREGOS, SÃO UNS ABUTRES SÓ PENSEM NELES MESMOS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade .Esses só olham para os próprios interesses..

      Excluir
  9. Se faltarem às sessões, as faltas devem ser descontadas dos salários, visto que não há justificativa para as mesmas. Acredito que faltas devem ser abonadas em casos justificados. Se os vereadores não respeitam a decisão judicial, manifestado pela ausência de todos às sessões sem justificativa, é o caso de pensar em perda de mandato, acredito.

    ResponderExcluir
  10. Eu não entendo têm casa que a família toda tá empregado e têm casa com a família grande é nem um arrumou emprego

    ResponderExcluir