Compartilhe essa Notícia:


Cerca de 30 pessoas se reuniram na tarde dessa terça-feira (06) em frente à sede da 16ª Delegacia Regional de Bacabal, para pedir a liberdade do jovem Israel, de 17 anos.

O adolescente foi apreendido na noite do último domingo, dia 04, acusado de ter praticado um assalto e roubado dois aparelhos celulares de duas jovens na Rua 13 da Vila São João.

De acordo com os amigos e familiares, Israel estava em uma festa de aniversário no horário em que aconteceu o crime. Segundo os amigos, ele teria sido confundido com o verdadeiro assaltante por estar vestindo uma camisa e usando uma motocicleta das mesmas cores relatadas pelas duas vítimas.

Para Francisco Pereira, pai de Israel, a manifestação é uma tentativa da família de chamar a atenção dos órgãos responsáveis para o fato de terem apreendido um inocente. "Quem me conhece e conhece o meu filho sabe da pessoa que eu sou e da pessoa que ele é. Eu quero dizer para a população de Bacabal que o meu filho está sendo acusado injustamente por duas meninas que até então ainda não provaram nada", disse.

Há boatos de que as possíveis vítimas chegaram a cobrar R$ 500 ou R$ 300 reais para retirar a queixa. 

Em resposta, o Delegado Regional de Bacabal, Carlos Renato, falou que agora a Polícia Civil está empenhada em apurar as informações, a fim de ouvir todas as partes. Uma vez com todas as informações reunidas, a polícia dará mais informações precisas para a imprensa e fará as ações necessárias. 


Com imagens e informações Bacabalflix (Bacabal)

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

1 Comentários

  1. Todo trombadinha pra esse povo da periferia é inocente.

    ResponderExcluir