segunda-feira, 7 de março de 2016

PCdoB discrimina vaqueiros em evento para lançar pré- candidatura de aliado do governo do estado em Lago da Pedra


O lançamento da pré- candidatura do atual presidente do Iterma, Mauro Jorge, aliado do governo do estado, à prefeitura de Lago da Pedra, em um movimento intitulado Diálogos por Lago da Pedra, realizado no sábado(05), tornou-se na verdade palco para ofensas ao vice-prefeito do município, Laércio Arruda, que é o pré-candidato do grupo da prefeita Maura Jorge, nas eleições deste ano.

No evento o que chamou a atenção foi a postura ex-deputado federal, Domingos Dutra (PCdoB), que integrava a comitiva que representou o governador Flávio Dino. De forma pejorativa e discriminatória, Dutra se referiu ao vice-prefeito chamando-o de vaqueiro, como se o fato dele gostar de participar de cavalgadas e vaquejadas, o tornasse menos qualificado para exercer um cargo público.
Continua...

Vale ressaltar, que o vice-prefeito, Laércio Arruda, cumpre seu segundo mandato, é odontólogo, profissão que exerce com dedicação, mas assim como milhares de pessoas por todo o Brasil e em especial na região nordeste do país, é um apaixonado por cavalgada e vaquejada, um dos seus hobby preferidos.

Em sua página oficial no facebook, o vice-prefeito emitiu uma nota de repúdio: “Lamento demais esse fato, ainda mais vindo de pessoas que se dizem defensoras dos mais pobres, situação econômica, que geralmente é a dos vaqueiros. Não fico triste por ser chamado de vaqueiro, porque tenho orgulho de ter nascido e ter sido criado na lida do campo, mesmo sendo hoje odontólogo formado pela Universidade Federal do Maranhão. Não faço questão do título de “ doutor”, porque é no meio do povo que me satisfaço. Meu repúdio é a clara intenção do partido do governador de menosprezar toda uma classe que gera renda para o país”, disse o vice-prefeito em um dos trechos da nota.

Ao menosprezar a profissão de vaqueiro, Domingos Dutra, deixou clara a sua falta de respeito por esta classe de profissionais, que hoje tem a profissão regulamentada e reconhecida em lei. Ao que se ver, o ex- parlamentar está rezando como manda a cartilha do governador, que por onde passa deixa marcas desastrosas de sua intolerância.
Ascom Lago da Pedra.

5 comentários:

  1. eles colocam um viado no governo do estado e vem discriminar os vaqueiros

    ResponderExcluir
  2. Esse Dutra, é um imbecil debochado. Um vagabundo que nunca trabalhou, sempre viveu as custas da política, não tem moral pra tentar desqualificar ninguém.
    Nunca terá um mando na vida. Nem ele nem Mauro Jorge, outro mala.
    Sou vaqueiro e tenho orgulho da minha tropa e da minha traia
    Quanto a eles!! Tenho repulsa.

    ResponderExcluir
  3. Dutra pode ter falado uma incoerência, mas falar que ele nunca trabalhou e nunca teve um mandato e de uma falta de conhecimento grande, Dutra nasceu em um quilombo chamado saco das almas, trabalhou e venceu na vida, passou para direito na UFMA (Universidade federal do maranhão)na vida política foi vice prefeito do saudoso Dr Jackson lago aqui em são luís em 92, logo depoi veio a ser deputado estadual e logo depois federal sendo por três mandato, a vida de Dutra e limpa, quem há conhece sabe disso, faz campanha só andando a pés com um carrinho de som, por muitas vezes sofrei por ser da oposição a família Sarney, nunca se curvou apesar de várias tentativas para se vender para Sarney, pode ter falado o que não devei, mas falar q esse não é um homem de trabalho e de conhecimento já mais podemos falar, e esse que chama Flávio de veado pense amigo, não estamos escondidos por trais de um computador, vamos ser moderados.

    ResponderExcluir
  4. O ex-Deputado Dutra, que é louco de muito tempo, isso se pode constatar sem ter que ver laudo de Psiquiatra, pois o que sabia era chamar o Sarney de FUTI, e bater com um chicote na bunda de um boneco em quase todas as cidades que ele percorreu nesse estado, inclusive aqui em Lago da Pedra. Coisa de louco mesmo bater com um chicote em um boneco... não precisa dizer mais nada. Mas isso é coisinha pequena para um louco de jogar pedra na lua como esse dutrinha, e agora ficou mais biruta depois que não conseguiu a reeleição. Agora vem aqui dizer maltratar os vaqueiros da região e de todo o Maranhão e Brasil. Pegou em merda com as duas mãos, achou pouco, passou na cara e depois se lambuzou e finalmente comeu a merda que fez e mostrou o atestado de loucura em praça pública, nem precisava mostrar.

    ResponderExcluir
  5. Lamentável as palavras desse cara que se diz defensor dos trabalhadores...

    ResponderExcluir