quinta-feira, 26 de maio de 2016

Polícia investiga suspeita que adolescente foi dopada e estuprada, em Trizidela do Vale



Delegado Márcio Mendes fala do caso - TV Rio Flores

Uma investigação da polícia civil, comandada pelo delegado titular do DP de Trizidela do Vale, Márcio Mendes, investiga a suspeita que uma adolescente foi abusada sexualmente.

Segundo informações da polícia, a adolescente estava em casa e informou aos familiares que precisaria sair para fazer um trabalho escolar; na rua tomou carona com um jovem e seguiram para o balneário da Caema, localizado em Pedreiras. No local, além da adolescente, encontrava-se quatro rapazes e mais uma menor de idade. A adolescente relatou a polícia que tomou apenas um copo de suco de maracujá e, depois disso, não se lembra mais de nada. Ela voltou a recobrar a consciência, na madrugada, quando foi deixada na calçada da casa dela.

Em reportagem a TV Rio Flores, o delegado Márcio Mendes disse que os quatro jovens foram identificados, se apresentaram a polícia com advogados e alegaram que a adolescente perdeu os sentidos depois de tomar várias doses de vodca. No entanto, Márcio Mendes esclareceu que exames preliminares realizados em Trizidela do Vale atestam que a adolescente não ingeriu bebida alcoólica.

A adolescente, em depoimento a polícia, disse que não acredita que tenha sido dopada e estuprada; ainda assim, ela passará por exames em Timon para esclarecer as dúvidas neste caso. A outra menor que estava com o grupo também será ouvida pela polícia.

Veja a entrevista de Márcio Mendes ao repórter Ricardo Farias no vídeo acima. 

2 comentários:

  1. Atá onde eu sei o balneario da Caema não tem lanchonete, só vende bebida cerveja, pinga e peixe frito, portanto, sucos não existe lá.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ninguém pode ter levado o suco??

      Excluir