sexta-feira, 9 de março de 2018

Juscelino Filho debate ozonioterapia como tratamento do SUS


 
O deputado Juscelino Filho (DEM-MA), junto ao líder da bancada Democrata na Câmara, deputado Rodrigo Garcia (SP), esteve em reunião com representantes da Associação Brasileira de Ozonioterapia (ABOZ) para tratar da liberação do tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), tema do PL 9001/2017 (autoriza a prescrição da ozonioterapia em todo o território nacional), que tramita na CSSF recebido com parecer favorável do Senado. A ozonioterapia é uma técnica terapêutica que utiliza a aplicação de uma mistura dos gases oxigênio e ozônio para o tratamento de patologias.

Durante a reunião, que também teve a presença do presidente da Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados (CSSF), Hiran Gonçalves (PP-RR), foram apresentados pela presidente da ABOZ, Dra. Maria Emília Gadelha Serra, os benefícios e motivos pelo qual a ozonioterapia deve ser utilizada como tratamento no sistema público, destacando as propriedades medicinais (anti-inflamatórias, antissépticas, modulação do estresse oxidativo, melhora da circulação periférica e da oxigenação, entre outras).

Para o deputado Juscelino Filho, que é médico e também é presidente da Comissão Especial de Inovação Tecnológica da Saúde (Cetecsau), o assunto precisa ser aprofundado: “O debate, em torno do aprimoramento da medicina, é de extrema importância. Precisamos de evidências, de trabalhos científicos que comprovem a eficácia e até mesmo a segurança do tratamento em questão em longo prazo. Após os estudos e a reunião com o CFM, a expectativa é que traremos novamente à pauta do Congresso”, destacou o parlamentar.
WhatsApp Image 2018-03-07 at 11.57.21
Continua...

A presidente da ABOZ, Dra. Maria Emília, defendeu, entre os outros benefícios, a economia que o tratamento pode gerar ao SUS: “Além dos inúmeros benefícios à saúde, de 20 a 80% das patologias atendidas pela ozonioterapia podem ter seus custos melhorados e dar mais qualidade de vida aos pacientes”.

Os parlamentares acertaram com os representantes do Conselho Federal de Medicina (CFM) que uma reunião plenária do CFM será marcada e assim, a ABOZ apresentará as evidências científicas da ozonioterapia, com a presença de pacientes e convidados estrangeiros.
Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário