segunda-feira, 14 de maio de 2018

Hildo Rocha destaca nova denúncia de espionagem no governo Flavio Dino

 
O deputado federal Hildo Rocha voltou a denunciar possíveis crimes praticados pelo governo do Maranhão. O parlamentar enfatizou que a participação do Governador do Estado está evidenciada por meio de fatos, e comprovada com provas documentais.

“Descobriu-se, recentemente, documentos expedidos pelo comando da polícia militar determinando o monitoramento de políticos adversários do atual governador, além dos promotores e juízes  eleitorais. Agora, estamos diante de novas e gravíssimas denúncias de uso indevido da polícia civil para a prática de espionagem com objetivos políticos. Há uma portaria assinada pelo próprio governador Flávio Dino requisitando o João Sérgio Pimentel Pereira, investigador da Polícia Civil, para ficar à disposição da Secretaria de Articulação Política do Governo. Isso é gravíssimo, é mais uma prova do uso de agentes da segurança pública do Estado em busca de proveito particular do governador. O que justifica a existência de um investigador de polícia na articulação política?” Questionou Hildo Rocha.
Continua...

Crimes comprovados

Os fatos, as evidências e os documentos confirmam o uso de agentes públicos em desvio de função e são suficientes para  que o ministério público faça denúncia de crime de responsabilidade e de improbidade administrativa, contra Flávio Dino. “Ainda confio no Ministério Público. Acredito que o órgão irá trabalhar firme para apurar essas irregularidades”, disse o parlamentar. 

Violência crescente

Rocha destacou que em vez de cuidar da segurança pública o governador Flávio Dino tira os policiais das suas verdadeiras funções para trabalharem em outras finalidades. “Portanto, quero registrar o meu repúdio em relação ao uso de policiais militares e civis, na política no Maranhão. Recentemente uma criança de apenas 7 anos de idade levou um tiro no olho quando saía da igreja em São Luis e morreu. Um delegado da polícia federal foi assassinado; o ex-secretário da administração penitenciária, o delegado Uchoa sofreu tentativa de assalto. Esses são apenas alguns exemplos que confirmam o aumento da criminalidade na capital maranhense”, afirmou Hildo Rocha.
Assessoria

3 comentários:

  1. ACREDITAR EM PARASITAS POLITICOS É ASSINAR SUA SENTEÇA DE IDIOTA PATETICO. SE QUEREMOS UM PAÍS DIGNO PARA VIVER QUE SEJA ATRAVÉS DE MILITARES HONRADOS. QUE VENHA O GENERAL MOURÃO PARA POR ORDEM E PROGRESSO.

    ResponderExcluir
  2. Esse deputado de um dó mandato. Aproveita esses últimos dias de deputado

    ResponderExcluir