segunda-feira, 20 de maio de 2019

Mulher é vítima de estupro no bairro Mutirão em Pedreiras

Imagens de arquivo da Rua 1 do Bairro Mutirão em Pedreiras - A rua tem vários pontos isolados com vegetação 
Nesta madrugada de segunda-feira (20), por volta de 1h, uma moradora da Vila das Palmeiras, em Pedreiras, caminhava em direção a cidade de Trizidela do Vale, para buscar o filhinho que estava na casa de uma cunhada. 

Segundo informações do 19º BPM, na Avenida Marly Boueres, Bairro Mutirão, ela relatou à polícia que percebeu que estava sendo seguida por um indivíduo desconhecido. Ao entrar na Rua 1, que liga o  Mutirão ao bairro da Prainha, ela foi abordada pelo desconhecido. 

O indivíduo estava com a faca e obrigou a mulher a seguir com ele para um local isolado, onde a mesma foi violentada. 

Após consumar a violência sexual, o elemento fugiu do local. A vítima conseguiu parar uma viatura da Polícia Militar na Avenida Rio Branco; ela foi socorrida pela guarnição da PM, que a levou para o Hospital Geral de Pedreiras. Ainda segundo informações, foi constado lesões no ombro e na boca da vitima, porém, as mesma teria sido provocadas em uma discussão com o companheiro minutos antes.

A vítima está sendo aguardada na 14ª Delegacia Regional de Pedreiras para prestar depoimento sobre a violência que sofreu. De posse das informações, a Polícia Civil dará andamento às investigações do caso. 

A Rua 1 do Bairro Mutirão tem vários terrenos vazios, com mato alto, propícios para marginais se esconderem. Nos últimos tempos, vários assaltos foram registrados nesta rua. 

5 comentários:

  1. História totalmente sem sentido

    ResponderExcluir
  2. historinha mal contada....os arranhoes sao do companheiro e foi outro que estuprou?...nesse angu tem caroço

    ResponderExcluir
  3. Não vou nem dar minha opinião. Pq as pessoas acham que podem ser considerado estupro somente com crianças...Ainda mais os policiais e autoridades maiores.

    ResponderExcluir
  4. Estranho ela saiu de casa 1 hora da manhã em direção a trezidela e entrou na rua 01 do mutirão oh conversa mal contada essa eu heim

    ResponderExcluir
  5. independente da hora que ela saiu de casa e para onde iria, se tinha brigado ou não com o companheiro estupro é crime e deve ser apurado o caso.

    ResponderExcluir