Compartilhe essa Notícia:



Ninguém é poeta em sua Terra Natal? 

Samuel Barreto 

Jesus Cristo ensinou uma vez, enquanto pregava pela Terra, que "ninguém é profeta em sua terra natal". A sabedoria popular pegou essa frase do Mestre dos Mestres e a transformou no velho e verdadeiro provérbio: "Santo de casa não faz milagre". Levando essa sabedoria para nossa realidade, infelizmente é o que aparentemente estaria acontecendo em Pedreiras ao saudoso poeta Samuel Barreto, que nos deixou há pouco tempo.

Até o momento, o município de Pedreiras ainda não fez uma significativa homenagem ao poeta contemporâneo. Em contrapartida, a cidade vizinha do outro lado da ponte, Trizidela do Vale, já homenageou o Poeta Samuel Barreto em duas grandes obras.

A primeira delas foi realizada nesta semana durante a inauguração do C. E. Newton Bello; trata-se da Biblioteca Samuel Barreto, inaugurada dentro da escola estadual. O belo acervo servirá a comunidade escolar e os moradores de Trizidela do Vale, como local de leitura e pesquisa. "Samuel Barreto também era professor do Estado, e nada mais justo que batizar o espaço com seu nome", pontuou o professor Márcio, gestor da regional de Educação de Pedreiras. 


 

O prefeito de Trizidela do Vale, Fred Maia, apresentou para a imprensa as obras da Praça da Juventude, e nas dependências, está sendo finalizado um teatro. O espaço artístico possui plateia, palco, vestiário, banheiros e o prefeito já sancionou a Leia para esse teatro recebe o nome de poeta Samuel Barreto.

Trizidela do Vale está enchendo a memória de Samuel Barreto de homenagem, falta agora Pedreiras seguir esse exemplo e homenagear o poeta da terra. Ou de fato Pedreiras comprovará a veracidade do ditado popular e ninguém é poeta em sua terra natal?



Mais informações

- Pedreiras perde o poeta Samuel  Barreto: https://www.carlinhosfilho.com.br/2020/07/pedreiras-perde-o-poeta-samuel-barreto.html


⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA