Compartilhe essa Notícia:


Na última sexta-feira, dia 12, mais uma sessão da Câmara Municipal de Lago da Pedra não foi realizada por falta de quórum. São sete vereadores da oposição, o que os torna a maioria da Casa. Eles se recusam a participar das sessões porque não reconhecem o vereador Cícero Amaro como presidente da Câmara.

Várias eleições já foram realizadas e anuladas, porém o Tribunal de Justiça de São Luís reconheceu apenas a eleição que elegeu o vereador Cícero como presidente da Câmara Municipal de Lago da Pedra.

Enquanto isso, projetos importantes estão deixando de ser analisados e votados. O Presidente da Câmara, Cícero Amaro, explica a situação. "Os projetos estão chegando aqui na casa. Além do projeto que autoriza o Executivo a contratar, que mais uma vez fica parado aqui hoje por falta de quórum, ou seja, falta da presença dos vereadores da oposição, hoje nós temos também um projeto que chegou para regulamentar um Conselho que acompanha o Fundeb. Essa atualização tem que ser feita até o dia 21 de março, segundo a Lei".

O vereador Thiago Sá faz um apelo aos colegas parlamentares. "Esse projeto das novas diretrizes do Governo Federal que foi votado há pouco tempo em Brasília dá o novo direcionamento à formação dos Conselhos, como também da valorização aos profissionais de educação. Tudo isso está abrangido dentro deste projeto e nós precisamos imediatamente aprovar para que este projeto seja aprovado e encaminhado ao Executivo para que ele possa dar andamento a esses benefícios, tanto aos professores, quanto aos alunos, como também para a Educação do município de Lago da Pedra. Então fica aqui o nosso apelo, o nosso pedido para que vocês [vereadores de oposição] possam vir a esta casa, deixar essa questão pessoal e política de lado e trabalhar em prol do povo de Lago da Pedra", argumentou o edil.



Saiba mais

Vereadores não comparecem e assuntos importantes da Câmara de Lago da Pedra deixam de ser apresentados

Mais uma sessão na Câmara Municipal de Lago da Pedra deixa de ser realizada por falta de quórum

https://www.carlinhosfilho.com.br/2021/03/mais-uma-sessao-na-camara-municipal-de.html

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

10 Comentários

  1. Nenhum dos que estão se opondo a participarem das sessões, pensam no bem da sociedade lagopedrense. Não obedecem o mandamus judicial. Eu acho que cada um deles tem que reverem seus conceitos e lembrarem de suas promessas e compromissos, não pessoais, mas com a sociedade de Lago da Pedra.

    ResponderExcluir
  2. Bando de sanguessugas do dinheiro público. Políticos sem noção. O povo tem os políticos que merecem. Infelizmente nada muda em nossa cidade

    ResponderExcluir
  3. Para essa situação tem remédio. A ausência dos vereadores é notória, não aceitam a decisão liminar da justiça, fato que indica capacidade duvidosa para o exercício do cargo dos sete vereadores. Esses patetas estão dando tiro no pé, brigando com a justiça, com a prefeita e com o povo, este o mais prejudicado. Pra não entender isso tem que ser burro demais... argsss.

    ResponderExcluir
  4. São uns sem noção.espero que isso tenha uma punição pra cada um desses inbecis

    ResponderExcluir
  5. Uma duvida: como a minoria conseguiu eleger o presidente da Câmara?

    ResponderExcluir
  6. Tem q aceitar a ordem judicial agora os palhaços q não querem trabalhar

    ResponderExcluir
  7. Os vereadores "em greve" colocaram corda no pescoço e estão apertando, se enforcando. Será que esses senhores não têm assessoria jurídica? O que fazem é um ato de desobediência civil, criando um precedente perigoso de desrespeito à uma determinação judicial. Qualquer iniciante do curso de direito sabe que decisão judicial DEVE ser cumprida.

    ResponderExcluir
  8. A liminar de fundo de quintal comprada com dinheiro público caiu hoje, agora quero vê se vão gastar mais dinheiro público comprando liminar.

    ResponderExcluir

Informe da ALEMA