Compartilhe essa Notícia:


Na manhã desta segunda-feira (22), o prefeito de Trizidela do Vale, Deibson Balé (PDT), esteve reunido no Auditório Dr. Kleber Carvalho Branco com alguns proprietários de bares, restaurantes e lanchonetes locais discutindo sobre o decreto de n°17/2021 que determina e orienta quanto ao horário de funcionamento dos estabelecimentos devido ao aumento no número de casos de Covid-19. 

Ao ouvir os proprietários, Deibson disse que o poder público municipal está apenas cumprindo de acordo com Decreto Estadual n° 36.531 de 03 de março do corrente ano que também se baseia nas recomendações do Governo Federal e Ministério da Saúde, após aumento alarmante da pandemia no país. Ele foi sucinto em suas palavras e disse que sua decisão não foi tomada para prejudicar ninguém, pois conhece a necessidade de cada um desses trabalhadores, apenas cumpriu decreto como forma de resguardar a vida de todos, inclusive dos próprios donos dos estabelecimentos.


"Realizamos uma audiência pública com proprietários de bares em Trizidela do Vale. Nosso Governo, cumprindo o que prometemos, será de diálogo constante. Sabemos que todos os setores da economia foram e continuam sendo afetados pela Pandemia do Coronavírus. As restrições que adotamos com certeza trarão benefícios e a diminuição de casos, mas sabemos que alguns setores serão prejudicados. Logo, é preciso dialogar com as diversas instâncias da sociedade para juntos chegarmos a um consenso", argumentou o gestor.

O prefeito pediu desculpas e disse que não sentou antes porque estava em um compromisso de trabalho no Distrito Federal, e disse que ao tomar conhecimento de que esses trabalhadores teriam ido o procurar, Deibson decidiu reuni-los para que a partir daí pudessem chegar a um consenso para que ninguém pudesse sair prejudicado.

Durante a reunião, dois dos representantes da categoria opinaram e questionaram e solicitaram ao prefeito que alterasse os horários estabelecidos.

O gestor explicou que só poderia dar uma resposta definitiva quanto ao pedido da categoria, mediante a diminuição dos casos da Covid-19 e que também não poderia tomar uma decisão sozinho e, por isso, firmou compromisso que até a próxima quinta-feira, dia 25, irá sentar com a prefeita de Pedreiras, Vanessa Maia (Solidariedade), órgãos de saúde e demais membros da comissão para discutirem sobre esse assunto, e que a partir de uma decisão conjunta possa ser tomada uma decisão precisa quanto ao que ali foi exposto pelos participantes, principalmente no que tange ao funcionamento dos estabelecimentos aos finais de semana.

Participaram também da reunião o secretário de cultura, Chagas Melo, vereadores, assessoria jurídica do município e representantes de órgãos como Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

⬇️⬇️ COMENTE AQUI ⬇️⬇️

0 Comentários

Informe da ALEMA