terça-feira, 15 de agosto de 2017
Gasolina
 Caso da acusação de tentativa de assassinato do Gasolina: Irmãos Croá foram condenados pela Justiça na semana passada

O juiz Bernardo de Melo Freire, titular de Poção de Pedras, condenou na última semana durante audiência, dois homens acusados de lesão corporal grave, recebendo cada um a pena de 3 anos de reclusão. Os réus Adenildon da Cruz Silva e José Airton da Cruz Silva feriram gravemente Antônio de Pádua Alves de Sousa, com um golpe de faca. Os condenados poderão recorrer em liberdade, haja vista o regime inicial a eles imposto.

Relata a denúncia que no dia 23 de agosto de 2016, na cidade de Poção de Pedras, os denunciados tentaram contra avida da vítima Antônio de Pádua, vulgo “Gasolina”, usando de meio que dificultou e ou tornou impossível a defesa da vítima. Segundo restou apurado, no dia, hora e local afirmados na denúncia, José Airton teria se dirigido até a casa da vítima, em razão de uma desavença política ocorrida dias antes. Ato contínuo, ambos teriam travado luta corporal, ficando a vítima por baixo de seu agressor.

“Aproveitando-se da vulnerabilidade da vítima, o outro denunciado, Adenilson, sacou uma faca e desferiu um golpe na altura do lado esquerdo da vítima, trazendo-lhe perigo de morte. Após golpear a vítima, ambos os acusados se evadiram do local”, expressa a denúncia. Durante as alegações finais, o Ministério Público requereu a condenação pelo crime do artigo 129, § 1º, I e II, CP (ofender a integridade corporal ou a saúde de outro. Perigo de vida), conquanto tivesse denunciado por outro delito, haja vista que não vislumbrou o intuito de ceifar a vida por parte dos acusados. Alegou a existência de provas suficientes da autoria e da materialidade do delito.

A defesa, por sua vez, reiterou a inexistência do objetivo de retirar a vida da vítima, por parte dos acusados, acrescentando não ser o caso de concurso de agentes e pugnando pela exclusão da ilicitude por legítima defesa. Requereu, por fim, em caso de não absolvição do acusado, que fosse deferida a desclassificação para o crime de lesão corporal.
Movimentação em frente ao Hospital de Poção de Pedras depois da agressão 
Fonte: TJ-MA  - Assessoria de Comunicação - Corregedoria Geral da Justiça do Maranhão
___________________________

Mais 


Gasolina é esfaqueado em Poção de Pedras


11 comentários:

  1. Política nojenta.

    ResponderExcluir
  2. 3 anos não fica pena so paga multa e algum serviço prestado

    ResponderExcluir
  3. Justiça pra esses ai só a De Deus ou a dos homens.e a valentia deles nao passa de poçao de pedras,quero ver fora daqui se sao corajosos mesmo.

    ResponderExcluir
  4. Esses croas são um monte de covarde, ataca como leões em grupo, não são homens para vir um de cara com o outro , meteria a peia em qualquer um deles de homem para homem, esse covarde esfaqueia o outro ele estando no chão, coisa de covarde, só são homens em poção, duvido se em outra cidade eles fazem isso, vem aqui em lago da pedra dar uma de valente, comemos eles no dente .

    ResponderExcluir
  5. Essa família nem eles mesmo se gosta , quase nenhum fala com o outro , agora pense uma família para gostar de confusão , só assim eles se junta , jantas pelo ódio .

    ResponderExcluir
  6. pra que tanta violência Deus em primeiro lugar gente

    ResponderExcluir
  7. esses croa cagao so muito é froxo Bolsonaro quando ganhar vai acabar com as croados

    ResponderExcluir
  8. Manda eles vim pra Bernado do Mearim que os Alagoanos vão acabar com eles.

    ResponderExcluir
  9. os valentes dura pouco aqui na terra..vamos so ver as proximas eleiçoeis .ainda vão topa um louco que ..não tenhe nada a perde

    ResponderExcluir

Facebook

Visualizações deste blog desde março de 2012

Em Pedreiras e Trizidela do Vale


,

Matricule-se no Faculdade W. F.



+ Lidas