domingo, 21 de abril de 2019

Entrevero entre PMs de Poção de Pedras e Policial Civil de Caxias termina na delegacia regional de Pedreiras

Neste domingo de Páscoa, dia 21 de Abril, também é comemorado o Dia do Polícia Militar e o Dia da Polícia Civil. As duas unidades de polícia estão de parabéns pelo bom trabalho desenvolvido em prol da segurança do cidadão.

Policiais se desentende em frente a delegacia de Poção de Pedras 
Em nossa região, porém, a imagem das duas corporações foram atingidas em decorrência de uma confusão envolvendo policiais militares e um policial civil lotado em Caxias.

Vídeos que viralizaram nas redes sociais mostram um policial civil sendo contido por policiais militares em frente à delegacia de Poção de Pedras. A abordagem deve ser objeto de investigação dos órgãos de justiça (Comarca e Promotoria) e de segurança (Comando Geral da Polícia Militar e Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão).

O entrevero aconteceu na noite da última Quinta-feira Santa (18). Segundo depoimento do policial civil, identificado como Antônio Edson, conhecido como “Júnior”, lotado na cidade de Caxias há cerca de 30 anos, ele e a família passavam o feriado em Poção de Pedras, na casa de um amigo. Ele relatou para o Blog do Ricardo Marques, sediado em Caxias, que o dia teria transcorrido normalmente. À noite, ele, sua esposa, a filha e um casal de amigos, foram dar uma volta de carro e resolveram estacionar em uma praça de pouco movimento. O grupo foi abordado pela guarnição da PM de Poção de Pedras por volta das 22 horas.

Os PMs informaram que receberam denúncias que eles estavam usando carro para dar cavalo de pau em via pública e incomodando a população com som automotivo em alto volume e determinaram para deixarem o local.

Júnior se identificou como policial civil, porém os militares continuaram com a determinação para o grupo deixar o local ou seria conduzido por perturbação de sossego.

Inconformado com a ordem, o policial civil Júnior se dirigiu à delegacia de Polícia Civil de Poção de Pedras para prestar quixas contra a ação dos PMs; no local, porém, foi informado pelo carcereiro que o delegado não se encontrava.

Ao deixar a delegacia, o polícia civil Júnior avistou a mesma equipe de PMs que o abordou. Eles estavam no quartel que fica em frente à delegacia. Eles trocaram farpas, em seguida, os PMs voltaram a abordar o policial no meio da rua.

Em um segundo vídeo, a mulher do policial civil tentar filmar os policiais militares que estavam conduzindo o marido dela e, nitidamente, é possível perceber que um PM desfere um tapa no celular dela.  

A polêmica abordagem foi registrada pela câmera do celular da mulher do policial Júnior.

Vídeo 1

O policial civil foi contido e levado algemado no camburão para a 14ª Delegacia Regional de Pedreiras. Ele prestou depoimento e foi liberado em seguida.

Vídeo 2
O caso gerou repercussão em Caxias, Poção de Pedras e em outras cidades, levando as mais divergentes opiniões. Alguns concordam com a abordagem dos PMs, alegando que os mesmos foram provocados ao extremo pelo policial civil e sua esposa; já outros internautas descordam, apontando que as imagens registraram claramente a truculência da polícia militar.

Ainda...

“Júnior contou a este redator que não sabe o porquê de os pm’s terem agido daquela maneira, pois em momento algum foi dado cavalo de pau ou ligado som em volume exagerado. Entretanto, o policial civil disse ter ficado sabendo depois que o amigo dele de Poção de Pedras, que acompanhava o grupo naquela noite, estaria namorando uma ex-namorada do sargento que comandava a guarnição militar, o que pode ter gerado toda a ira”, disse Ricardo Marques, blogueiro de Caxias.

Outro lado 

O blog enviou mensagens para o comando de Polícia Militar de Poção de Pedras e para o comando do 19º BPM em busca de esclarecimentos, porém, até o momento, ninguém se manifestou.



25 comentários:

  1. Grande policial, fica aqui os meus parabéns, fazendo assim jus ao seu trabalho de incompetência, lembro-me como hoje quando liguei para que acompanha-se a festa de aniversário da cidade que ora estava sendo realizada por mim e fui cobrado pelo valor cheio de R$ 7.500,00(sete mil e quinhentos reais) pela segurança, o que me deixou intrigado pois onde está o serviço de segurança pública, entretanto, como o evento não foi liberado na rua, fizemos em um local fechado e pagamos apenas por R$ 1.800,00(um mil e oitocentos reais). Valor esse que deve ter custado um pequeno frasco de spray de pimenta que foi jogado ao ar no meio do Show sem nenhuma necessidade, devendo aqui também ser citado que na hora que o atual gestor adentrou ao evento com pessoas armadas ferindo o Art. 14 da lei do desarmamento, o referido e sua equipe ficaram la fora e deixou o pau quebrar correndo um risco de algo maior ter acontecido e um inocente vim a óbito no referido local, ENTÃO SÓ ME RESTA AQUI OS MEUS PARABÉNS, Nossas mãos estão atadas, até o dia 1 de janeiro de 2021.
    #JUNTOSSOMOSMAISFORTES
    #respeitenossacidade
    #incompetentes
    #nossaterratemeteralei
    #foracascaria
    #professoressaonossaesperanca
    #prefeitonaoédonodacidade
    #BASTA
    #cadealei4898
    #triste
    CAIO CARLOS É A ESPERANÇA DE POÇÃO DE PEDRAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No mínimo isso deve ser coisa do moleque vagabundo que vem aqui na cidade so esculhambar os trabalhadores respeite a guarnição da Polícia de poção de pedras e vazar moleque caloteiro . Vc teve dinheiro nem pra pagar a banda vem dizer que pagou os policiais. Seu verme

      Excluir
  2. Esses PMs de poção não prestam p nada!Queriam se aparecer com esse idoso!Só o que tem aki é boca de drogas e eles sabem todas e fingem não vê!Será pq????

    ResponderExcluir
  3. Esse senhor que se diz policial civil estava embreagado, e muitas pessoas viram ele embreagado dirigindo e com som alto, foi abordado pelos policiais e com arrogância, se achando superior brojou pra cima dos pms.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Será pq os pms não fizeram a abordagem correta,cade o som conduzido para a DP e o veículo recolhido por direçao perigosa..Será se foi correto os pms agir com truculência e Até o ponto de sacar um arma ao ponto de efetuar um disparo..

      Excluir
  4. E mais as coisas sérias eles não fazem

    ResponderExcluir
  5. triste episódio, imagina se o cidadão não tivesse se identificado como sendo polícia? esses PMs têm que saber tratar melhor o povo, que é quem vos paga.

    ResponderExcluir
  6. imagina se o cara não tivesse se identificado como Policia, o que aconteceria?

    ResponderExcluir
  7. Falar de uma abordagem tão esdrúxula como essa é muito difícil, presenciei parte do ocorrido e fique um tanto quando q decepsionada com a nossa policia. Pois quando vemos as pessoas q são pagas com o dinheiro dos nossos impostos para nos protegerem agirem dessa forma, como sociedade temos que ficar preoculpados. Isso serve não so para os PMs, mas também para o policial civil.

    ResponderExcluir
  8. Eu blogueiro é Verdade que o prefeito cascaria e o vereador grande e o segurança do prefeito foram presos sábado a noite ai em Pocao de Pedras?,aqui a em esperantinolis tá cheio que é verdade,fala aí

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pura mentira pois sábado os mesmos estavam era entregando peixe e cestas básicas na casa do cascaria. Muitos boatos sem pé e sem cabeça.

      Excluir
  9. E o Cascaria,o vereador grande e o segurança do prefeito foram presos ou nan

    ResponderExcluir
  10. O policial civil tava certo só que o problema da polícia é que um cara que tava com o policial civil pega uma ex de um polícia. Aí foi se vingar num IDOSO. Se ele não fosse policial teria ate morrido, coitado.

    ResponderExcluir
  11. Policial sem estrategia, observem que a arma vai em direção a cara do sujeito embriagado, ja pensou se dispara era caixao na certa, depois ele voltam com a arma em direçao ao lado da avenida, que poderia no momento alguem passar de moto ou de carro, se ela dispara era fatal, ou então poderia disparar em direção aos policias que estão ao redor, sem noção, da pra ver que o sujeito estar desarmado.

    ResponderExcluir
  12. Os vídeos deixam bem claro o enquadramento no abuso de poder dos policiais

    ResponderExcluir
  13. Ainda chama o senhor de filho de uma egua. Atenção corregedoria.

    ResponderExcluir
  14. esse tipo de policial tem que ser expulso da policia. esses cara que verte farda se acham.

    ResponderExcluir
  15. tem uns cara que ´epolicia de uma cidade maior , chega em cidades pequenas e ficam bancando de valentao....tomou so o necessario...tem que respeitar

    ResponderExcluir
  16. Esses PMs deveriam perder a farda. Pois não tem preparo, se quer pars uma abordagem.

    ResponderExcluir
  17. Só podia der do poção mesmo esse policiais n aceita um novo como resposta

    ResponderExcluir
  18. Só podia der do poção mesmo esse policiais n aceita um novo como resposta

    ResponderExcluir
  19. Lamentável. Puro despreparo nesta abordagem. Agora só tem essa parte do vídeo. E a primeira abordagem ? Como foi?

    ResponderExcluir
  20. Esses policial de poção não sabe trabalhar nem investigar nada pra acabar com as drogas mais toda abordagens que ele faz eles agredir

    ResponderExcluir
  21. Poção e merda eh a msm coisa polícia quer ser o tal pra fica batendo

    ResponderExcluir
  22. parabéns para o policial que denunciou esse policia agrediu meu irmão algemado agora ele achou quen podesi fazer justiça

    ResponderExcluir