sexta-feira, 2 de agosto de 2019

Vendedor de Picolé usa as redes socais para reclamar de calote do prefeito de Lago dos Rodrigues

Mais uma pitoresca polêmica envolvendo o prefeito de Lago dos Rodrigues, Edijacir Leite. Nos últimos dias, um vendedor de picolé, conhecido por “Toin do Sorvete”, tem espalhado áudios nas redes sociais afirmando que o prefeito se negou a pagar a conta completa de 120 reais de picolés durante um evento político.

Entenda a polêmica

Segundo os áudios do vendedor postados em grupos de whatsapp, ele estava em um evento nas eleições de 2016, quando o então candidato Edijacir Leite mandou liberar todos os picolés para seus partidários. Ainda segundo o vendedor de picolé, a conta deu 120 reais, mas Edijarcir discordou da quantidade de picolés, também achou caro e só pagou 100 reais. A cobrança dos 20 reais restantes ressurgiu após cerca de três anos do fato, depois que o vendedor de picolé andou cobrando melhorias da prefeitura para sua rua, postando vídeos de buracos e carro atolado em plena via. O prefeito assistiu aos vídeos e mandou recuperar a ruas; alguns internautas de grupos de whatsapp solicitaram para o autor das reclamações fazer um novo vídeo se retratando e agradecendo ao prefeito por atender suas reclamações. Então, foi o momento do vendedor de picolé revelar a origem da mágoa. “Ele tá me devendo 20 reais e eu só vou me retratar depois que ele me pagar esse dinheiro que ainda hoje ele tá me devendo.”  


Confira a transcrição dos áudios do indignado vendedor de picolés.

“Pois é rapaz, e olha, eu não cobrei nenhum centavo a mais, eu só cobrei o valorzinho que eu tinha certeza que eu tinha dentro da minha caixa. Se ele pelo menos fosse homem para ter chegado na caixa e ter perguntado: "tem quantos picolés aí dentro?", eu teria dito que tinha 120, e se ele tivesse continuado "tu quer 100 reais nos picolés?", eu teria dito que sim, quero. Mas acontece que ele mandou liberar, então ele tinha que pagar os 120, sem nenhum centavo a mais nem a menos. Foi o prefeito atual aí, que na época era candidato"

"Aí as pessoas ficam se oferecendo para pagar, mas não meu amigo, ninguém mais está me devendo, quem está me devendo é ele. Ele me deve 20 reais, entendeu? Ele pode nunca pagar, mas deve. Da mão dele eu recebo meus vinte, agora da mão de outro, pode ser até um milhão, mas não recebo"

"Exatamente, as pessoas chegaram para comprar, não é? E ele de enxerido mandou liberar, aí, ele não perguntou quantos tinham dentro da caixa, não perguntou quanto que eu queria na mercadoria, só sei que saí com 150 picolés da minha casa, só vendi 30  lá pro Médio. Agora, por que eu não tinha os 120 reais? Aí, quando secou de imediato, que não durou nem dois minutos, eu fui lá pegar o dinheiro e ele disse "quanto é?" e respondi que eram 120 reais. Ele ficou dizendo "rapaz aí não tinha 120 não, esse poquin de picolé não tinha não!". Aí ele só fez se trocer e pagou o preço que ele quis, meteu a mão no bolso e me deu 100 conto. Eu também não disse uma palavra, só fiz ir embora"

"Eu vou te contar toda a história como foi que aconteceu. Eu estava lá em casa, peguei e botei 150 picolés na minha caixa de sorvete. Já que eu não tinha sorvete no dia, eu ia vender só picolé. Quando cheguei lá no médico eu vendi 30 picolés, e lá eles compram toda vez, me ajudam e sempre aquele povo ali. Lá o médico me falou assim: "olha, lá em Boa Vista está tendo um movimento dos candidatos, vai lá, quem sabe tu não vende tudo lá de uma vez?". Eu fui lá, e quando eu cheguei, o pessoal tava tudo encostado na caixa para pegar os picolés. Aí chegou o candidato, que não era prefeito ainda, falando assim "quanto é um picolé?", eu digo "é um real", ai ele disse para eu liberar e liberei. Quando eu fui lá buscar o dinheiro dizendo que era 120 reais ele falou que dentro da caixa não tinha 120 picolés. Mas quem sabe é eu, sou eu que vendo picolé, eu que sei o quanto que levei. Levei 150, só tinha vendido 30. Ele meteu a mão no bolso, me deu 100 reais e disse que tava pago, e eu respondi "tudo bem, tem problema não!" e fui embora"
Ouça os áudios neste vídeo 

Populares lago-rodriguenses se manifestaram em apoio ao trabalhador que se disse lesado pelo atual prefeito.

"Toin, então quer dizer que o cara só quis liberar os picolé, aí nem perguntou para ti quanto que tinha e já mandou logo liberar. E quando liberou, aí quando foi na hora de pagar disse que não tinha o valor né? Eu acho fraco demais um negócio desse aí. O certo logo é que quando o cabra quer liberar alguma coisa tem que chegar logo no dono, dizer quanto é tudo e pagar logo pra liberar. Deixar pra pagar depois e ainda dizer, depois que fez a cagada dele, dizer que não tinha aquele tanto de produto e que não tinha aquele valor? Isso é fraco demais, não é?"

"É complicado meu amigo Toin do Sorvete. O prefeito está ouvindo aí e poderia se retratar. Conversar só vocês dois, te chamar aí numa conversa e vocês se acertavam. Eu vi que esse negócio seu aí não é só porque a cidade está do jeito que está, não é só reclamação da cidade não, eu vi que tinha algo pessoal nisso aí. Mas isso é fácil de resolver, vocês dois são homem então é só sentar e conversar para resolver da melhor forma possível"

O prefeito de Lago dos Rodrigues não foi encontrado pelo blog para falar da reclamação do vendedor de picolé. O direito de resposta está garantido ao senhor Edjjacir Leite. 



19 comentários:

  1. Prefeitinho mais enrolado do Maranhão é de lago dos rodrigues edjaera.

    ResponderExcluir
  2. Uma pessoa enrolar um simples vendedor de picolé , que sai de sua casa para garantir o pão de cada dia de sua família e vem uma pessoa sem coração e enrolar , coisas de gente sem futuro .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
  3. Vamos vaze uma vaquinha pra paga as contas do edjace, quantos mil tu deve edjace diga pra nos aruma ese dinheiro seu veaco.

    ResponderExcluir
  4. Esse blogueiro não tem mais o que postar não aff uma simples cobrança de vinte reais até eu pagaria pra esse vendedor mas fazer drama em cima de um caso tão simples, mostra as obras que o prefeito não fez que é muito mais importante do que ficar cobrando vinte reais

    ResponderExcluir
  5. Um blog que dá uma notícia desta, merece o quê? esse picoleseiro , deve ser igual alguem deste lugar que nunca pescou e vive recebendo ajuda do defeso, imagine o quanto que alguem da familia dele não vive pidino para o prefeito!

    ResponderExcluir
  6. Pelo que observei é que o prefeito falou se os $100 pagava o vendedor disse que sim, no entanto não ouvi nenhum calote por que ouve-se o vendedor diria que não teria como dar esse desconto.
    Bom gente tanta coisa pra se preocupar vamos se preocupar com coisas mais importantes e deixar essas besteiras de pessoas que querem derrubar o outro por mentira é história

    ResponderExcluir
  7. Isso é armadilha da oposição. PREFEITO nós estamos com vc em 2020. Deus conhece seu coração. Edijacir 2020 doa em quem doer

    ResponderExcluir
  8. Com picolé ou sem picolé eu tou com Edijacir Leite e ñ abro nem um centímetro

    ResponderExcluir
  9. Essas resenhas só no lago dos Rodrigues mesmo!

    ResponderExcluir
  10. gente a politica em Lago dos Rodrigues ta pegando fogo, ainda falta um ano

    ResponderExcluir
  11. Um prefeito deste não é gente, não tem coração, da um prejuízo deste para um ser humano, é não ter fé em nada, uma noticia desta tem que ser publicada nos jornais do mudo inteiro, os vereadores tem que fazer o IMPEACHMENT DO PREFEITO, ISSO QUE ELE FEZ É QUEBRA DE DECORO, uma reportagem dessa é pra rir ou pra chorar? O Rodrigues é Rodrigues menino!

    ResponderExcluir
  12. Prefeito, a sua moral
    Não anda mais de pé
    Seu governo imoral
    Acabou com a boa fé
    É feio o povo enganar
    Mas pior é não pagar
    Um vendedor de Picolé

    ResponderExcluir
  13. Edijacir meu prefeito de novo com a força do povo rodriguense e a bênção de Deus.

    ResponderExcluir